Avaliação da aprendizagem no contexto do ensino remoto: desafios e possibilidades

  • Erica Dantas da Silva Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
  • Maria da Conceição Costa Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - UERN
  • Adriana Moreira de Souza Corrêa Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Palavras-chave: Avaliação, Ensino remoto, Desafios, Possibilidades

Resumo

Em decorrência da emergência do ensino remoto, uma prática mediada por tecnologias digitais, várias atividades realizadas pelos docentes precisaram ser refletidas, entre elas, a avaliação da aprendizagem. Assim, este estudo busca discutir os limites e as possibilidades da avaliação da aprendizagem no contexto do ensino remoto nos anos iniciais do Ensino Fundamental. A pesquisa caracteriza-se como exploratória, no que se refere aos objetivos; bibliográfica quanto aos procedimentos de coleta de dados e qualitativa no que se refere à abordagem da análise dos dados. Os resultados apontaram que os principais desafios à redefinição do trabalho docente são à concepção da avaliação como o exame, a definição dos critérios de avaliação, bem como a ausência de equipamentos eletrônicos, acesso restrito à internet e conhecimentos para o manuseio dos instrumentos avaliativos no meio digital. Quanto às possibilidades, elencamos a análise das condições de acesso à tecnologia digital pelos estudantes, o entendimento da avaliação como um momento pedagógico que visa redirecionar os percursos da aprendizagem, o uso de instrumentos de avaliação diversificados, o fortalecimento da relação professor-aluno e a prática da autoavaliação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erica Dantas da Silva, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Mestranda em Ensino pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Pós-Graduada em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal de Campina Grande; Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal de Campina Grande.

Maria da Conceição Costa, Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - UERN

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo; Mestra em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Licenciada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Professora permanente do Mestrado Acadêmico em Ensino do Programa de Pós-graduação em Ensino – PPGE da UERN

Adriana Moreira de Souza Corrêa, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Mestra em Ensino pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Bacharela em Letras-Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina; Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará; Professora Assistente da Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.

Referências

ANTUNES, Bianca Brandão de Paula et al. Progressão dos casos confirmados de COVID-19 após implantação de medidas de controle. Rev. Bras. Ter. Intensiva, v. 32, n. 2, p. 213 – 223, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbti/a/w5ncnKcbTKRR9LDYVYsj6mg/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 11 set. 2021.

BARBERIA, Lorena Guadalupe.; CANTARELLI, Luiz Guilherme Roth.; SCHMALZ, Pedro Henrique de Santana. Uma avaliação dos programas de educação pública remota dos estados e capitais brasileiros durante a pandemia do COVID-19. 2021. Disponível em: http://fgvclear.org/site/wp-content/uploads/remote-learning-in-the-covid-19-pandemic-v-1-0-portuguese-diagramado-1.pdf. Acesso em: 17 jun. 2021.

BARBOSA, Jane Rangel Alves. A avaliação da aprendizagem como processo interativo: um desafio para o educador. Democratizar, v. 1, n. 2, Rio de Janeiro, jan. /abr., p. 1 – 9, 2008. Disponível em: https://docplayer.com.br/2807913-A-avaliacao-da-aprendizagem-como-processo-interativo-um-desafio-para-o-educador.html. Acesso em: 26 mai. 2021.

BELOTTI, Salua Helena Abdalla; FARIA, Moacir Alves de. Relação professor/aluno. Saberes da Educação, v. 1, n. 1, p. 1 - 12, 2010. Disponível em: http://docs.uninove.br/arte/fac/publicacoes/pdfs/salua.pdf. Acesso em: 12 abr. 2021.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de história: fundamentos e métodos. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília,1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 11 set. 2021.

BRASIL. Portaria nº 343, de 17 de março de 2020a. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376. Acesso em: 11 set. 2021.

BRASIL. Portaria nº 544, de 16 de junho de 2020b. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-544-de-16-de-junho-de-2020-261924872. Acesso em: 11 set. 2021.

CAVALCANTI-NETO, Ana Lúcia Gomes; AQUINO, Josefa de Lima Fernandes. A avaliação da aprendizagem como um ato amoroso: o que o professor pratica? Educação em Revista, v. 25, n. 2, p. 223 - 240, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-46982009000200010. Acesso em: 24 mai. 2021.

FACHINETO, Sandra et al. AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM EM MEIO A PANDEMIA DO CORONAVÍRUS NO BRASIL. Anuário Pesquisa e Extensão Unoesc São Miguel do Oeste, v. 5, p. e24090-e24090, 2020. Disponível em: https://unoesc.emnuvens.com.br/apeusmo/article/view/25090/14758. Acesso em: 30 ago. 2021.

FRANCO, Maria Amélia do Rosario Santoro. Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 97, p. 534-551, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbeped/a/m6qBLvmHnCdR7RQjJVsPzTq/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 05 set. .2021.

GRANDISOLI, Edson; JACOBI, Pedro Roberto; MARCHINI, Silvio. Pesquisa Educação, Docência e a COVID-19. Universidade de São Paulo: Cidades Globais. Instituto de Estudos Avançados da USP, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Edson-Grandisoli/publication/343473967_Pesquisa_Educacao_docencia_e_a_COVID-19/links/5f2be15d458515b72906c59c/Pesquisa-Educacao-docencia-e-a-COVID-19.pdf. Acesso em: 30 abr. 2021.

HODGES, Charles et al. A diferença entre ensino remoto de emergência e aprendizagem online. Revisão da Educause, v. 27, p. 1 - 12, 2020. Disponível em: https://www.translatetheweb.com/?from=en&to=pt&ref=SERP&refd=www.bing.com&dl=en&rr=UC&a=https%3a%2f%2fer.educause.edu%2farticles%2f2020%2f3%2fthe-difference-between-emergency-remote-teaching-and-online-learning. Acesso em: 01 abr. 2021.

HOFFMANN, Jussara. Entrevista com Jussara Hoffmann: Por uma mudança efetiva da avaliação. [Entrevista concedida a Luiza Oliva]. Destaque em educação. Entrevista publicada edição 9 – Outubro/2005 da Revista Direcional Educador. Disponível em: http://destaquedu.blogspot.com/2013/10/entrevista-com-jussara-hoffmann-por-uma.html. Acesso em: 05 jun. 2021.

HOFFMANN, Jussara. Avaliar: respeitar primeiro, educar depois. 2. ed. São Paulo: Mediação, 2010.

HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover: as setas do caminho. Porto Alegre: Mediação, 2011.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação e educação infantil: um olhar sensível e reflexivo sobre a criança. Porto Alegre: Mediação, v. 18, 2012.

LAGUARDIA, Josué; PORTELA, Margareth Crisóstomo; VASCONCELLOS, Miguel Murat. Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem. Educação e pesquisa, v. 33, n. 3, p. 513-530, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-97022007000300009. Acesso em: 05 mai. 2021.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. 22a. ed. São Paulo: Cortez, 2013. Disponível em: https://fliphtml5.com/xvkas/grtn/basic. Acesso em: 15 abr. 2021.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação em Educação: questões epistemológicas e práticas. São Paulo: Cortez, 2018.

MARTINS, Fernanda Adorno. Google Forms como ferramenta de apoio: experiência docente em meio a pandemia corona vírus. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS ENCONTRO DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. 2020, São Carlos. Anais [...], São Carlos: UFSCAR, 2020. p. 1 – 8. Disponível em: https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1809/1441. Acesso em: 16 mai. 2021.

MERCADO, Luís Paulo Leopoldo. Ferramentas de Avaliação na Educação Online. Programa de Pós-Graduação em Educação –Universidade Federal de Alagoas –Brasil. 2008. Disponível em: http://www.niee.ufrgs.br/eventos/RIBIE/2008/pdf/ferramientas_avaluacion.pdf. Acesso em: 03 set. 2021.

MOREIRA, José António Marques.; HENRIQUES, Susana.; BARROS, Daniela. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Revista Dialogia, n. 34, p. 351 - 364, jan./abr., 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5585/Dialogia.N34.17123. Acesso em: 01 mai. 2021.

MOREIRA, José António Marques; SCHLEMMER, Eliane. Por um novo conceito e paradigma de educação digital online. Revista UFG, v. 20, 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63438. Acesso em: 27 mai. 2021.

NÓVOA, Antonio. Formação continuada - Aula Magna António Novoa. 2020. (1h18m50s). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7kSPWa5Nieo. Acesso em: 08 mai. 2021.

OLIVEIRA, Romualdo Portela et al. Análise das desigualdades intraescolares no Brasil. 2013. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Adriana-Bauer/publication/297723429_ANALISE_DAS_DESIGUALDADES_INTRAESCOLARES_NO_BRASIL/links/56e619ce08ae65dd4cc0e1ee/ANALISE-DAS-DESIGUALDADES-INTRAESCOLARES-NO-BRASIL.pdf. Acesso em: 25 abr. 2021.

PALÚ, Janete; SCHÜTZ, Jenerton Arlan; MAYER, Leandro. Desafios da educação em tempos de pandemia. Cruz Alta: Editora Ilustração, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Janete-Palu/publication/349312858_DESAFIOS_DA_EDUCACAO_EM_TEMPOS_DE_PANDEMIA/links/602a572592851c4ed571ff33/DESAFIOS-DA-EDUCACAO-EM-TEMPOS-DE-PANDEMIA.pdf. Acesso em: 15 mai. 2021.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas de Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2a. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

SANTOS, Josiane Gonçalves. Avaliação do desenvolvimento e da aprendizagem. Curitiba: Ed. Fael, 2010.

SCHLEMMER, Eliane; FELICE, Massimo Di; SERRA, Ilka Márcia Ribeiro de Souza. Educação OnLIFE: a dimensão ecológica das arquiteturas digitais de aprendizagem. Educar em Revista, v. 36, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0104-4060.76120. Acesso em: 30 abr. 2021.

SCHÖN, Donald. Os professores e sua formação. Portugal: Dom Quixote, 1997.

SILVA, Marco. Avaliação da aprendizagem em educação online: fundamentos, interfaces e dispositivos, relatos de experiências. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

SOUSA, Sandra Maria Zákia Lian. Avaliação da aprendizagem na legislação nacional: dos anos 1930 aos dias atuais. Estudos em Avaliação Educacional, v. 20, n. 44, p. 453-470, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.18222/eae204420092039. Acesso em: 01 jun. 2021.

VIANNA, Deise Miranda; BARBOSA-LIMA, Maria da Conceição; ARAÚJO, Renato Santos. Mudaram minha sala de aula: E agora? Ciências em Foco, v. 14, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/15484. Acesso em: 26 mai. 2021.

WEISZ, Telma; SANCHES, Ana. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. 2. ed. São Paulo: Ática, 2006.
Publicado
2021-11-27
Como Citar
Dantas da Silva, E., Costa, M. da C., & Moreira de Souza Corrêa, A. (2021). Avaliação da aprendizagem no contexto do ensino remoto: desafios e possibilidades. Devir Educação, 5(2), 267-289. https://doi.org/10.30905/rde.v5i2.510