Educação profissional no Brasil: reflexões sobre discurso político-educacional, currículo e formação técnica

  • Rosália Maria Netto Prados Universidade de Mogi das Cruzes (UMC)
  • Senira Anie Ferraz Fernandez Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Resumo

A educação profissional brasileira na contemporaneidade contempla discursos que refletem sistemas de valores socioculturais e econômicos. O presente artigo discute o discurso que subjaz às políticas educacionais de modo a possibilitar algumas reflexões sobre Currículo e Formação Técnica. São objetivos, considerar concepções teóricas sobre educação profissional técnica, currículo, competências e habilidades, assim como descrever as relações interdiscursivas que perpassam práticas sociais e pedagógicas. A metodologia que orienta esta discussão, de abordagem qualitativa, é de estudos da linguagem na análise do discurso, enquanto percurso de produção de sentido, além de uma pesquisa descritiva que se baseia na reflexão teórica no âmbito da educação profissional. As discussões sobre o tema, qual seja, discurso político-educacional sobre o ensino profissional de nível médio, tomaram por universo empírico um currículo de Artes, de instituição pública de educação tecnológica. Os subsídios oferecidos pela semiótica tornaram possível a compreensão do processo discursivo político-educacional e das relações de linguagem pertinentes no que se refere à educação profissional e tecnológica.

Biografia do Autor

Rosália Maria Netto Prados, Universidade de Mogi das Cruzes (UMC)

Professora pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade de Mogi das Cruzes, SP, na linha de Políticas Públicas Culturais e Educacionais.

Área de Ciências Sociais Aplicadas e Humanidades

Senira Anie Ferraz Fernandez, Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo, USP. É docente do programa de mestrado em Gestão e desenvolvimento da Educação Profissional do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, CEETEPS.

Publicado
2018-11-28
Seção
Artigos de pesquisa