Direitos fundamentais das crianças nas produções sobre formação de professores da educação infantil: uma análise à luz da teoria histórico-cultural

  • Marília Alves dos Santos UNESP/Bauru
  • Ariadni da Silva de Oliveira UNESP/Marília
  • Elieuza Aparecida de Lima UNESP/Marília
Palavras-chave: Educação Infantil, Direitos fundamentais das crianças, Formação de professores

Resumo

A Educação Infantil é um direito fundamental da criança assegurado pela Constituição brasileira desde 1988 e reafirmado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990. No ambiente educacional os professores são um dos principais responsáveis pela garantia dos direitos fundamentais das crianças, o que torna necessário pensar a formação de educadores com vistas a garantir que os mesmos respeitem e assegurem tais direitos. O objetivo deste artigo é analisar se e como as produções sobre formação de professores da Educação Infantil discutem os direitos fundamentais das crianças e tecer contribuições, à luz da Teoria Histórico-Cultural para se pensar os direitos das crianças, a partir das discussões apresentadas pelos textos analisados. Foram selecionados onze artigos científicos localizados no Portal de Periódicos da CAPES por meio dos descritores “formação de professores”, “formação de educadores” e “educação infantil”. Dos artigos lidos, somente cinco se referiram diretamente aos direitos das crianças, principalmente para defendê-las como sujeitos de direito à educação. Os demais elementos apresentados pelos textos foram organizados e discutidos a partir de seis categorias: o direito a serem educados por professores com formação de qualidade; o direito a serem cuidados com atenção e afeto; o direito à liberdade de expressão, respeito e valorização da diversidade; os direitos das crianças com deficiência e com dificuldades de aprendizagem; o direito à brincadeira e liberdade; o direito ao desenvolvimento humano. Em se tratando de produções sobre formação de professores da/para a Educação Infantil, compreendemos como imprescindível o comprometimento ético e científico dos educadores e o respeito ao processo educativo, às crianças e aos seus direitos fundamentais.

Referências

AMORIM, Gabriely Cabestré; LIMA, Elieuza Aparecida de; ARAÚJO, Rita de Cássia Tibério. Formação de professores da Educação Infantil: reflexões sobre a necessária instrumentalização teórica do profissional atuante com crianças com ou sem deficiência. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 1, p. 387-403, jan-mar. 2017. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8867/6272>. Acesso em: 19 jul. 2019.

AQUINO, Lígia Maria Leão de. Contribuições da teoria histórico-cultural para uma educação infantil como lugar das crianças e infâncias. Fractal: Revista de Psicologia, Niterói, v. 27, n. 1, p. 39-43, jan-abr. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/fractal/v27n1/1984-0292-fractal-27-1-0039.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

BARROS, Daniela; PEQUENO, Saulo. Cultura, Educação e desenvolvimento humano. In: COSTA, Sinara Almeida da; MELLO, Suely Amaral. Teoria Histórico-Cultural na Educação Infantil: conversando com professoras e professores. Curitiba: CRV Editora, 2017, cap. 5, p. 77-86.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações determinadas pelas Emendas Constitucionais de Revisão nos 1 a 6/94, pelas Emendas Constitucionais nos 1/92 a 91/2016 e pelo Decreto Legislativo no 186/2008. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 1988/2016.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, 1996.

BRASIL. Lei Federal número 8.069 de 13 de julho de 1990. Estatuto da Criança e do Adolescente. Rio de Janeiro: Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDECA), 1990/2017.

CAMPOS, Maria Malta; ROSEMBERG, Fúlvia. Critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças. 6. ed. Brasília: MEC, SEB, 1995/2009. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/direitosfundamentais.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

CARDOSO, Clodoaldo Meneguello. Educação infantil em direitos humanos. In: PASQUALINI, Juliana Campregher; TSUHAKO, Yaeko Nakadakari. (Org.). Proposta Pedagógica da Educação Infantil do Sistema Municipal de Ensino de Bauru/SP. Bauru: Secretaria Municipal de Educação, 2016. p. 149-161. Disponível em: <http://www2.bauru.sp.gov.br/arquivos/arquivos_site/sec_educacao/proposta_pedagogica_educacao_infantil.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

CIAFFONE, Adriane Costa e Rocha; GESSER, Marivete. Integração saúde e educação: contribuição da psicologia para a formação de educadores de uma creche em sexualidade infantil. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 34, n. 3, p. 774-787, Jul-set. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pcp/v34n3/1982-3703-pcp-34-03-0774.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

COUTINHO, Angela Scalabrin. As políticas para a educação de crianças de 0 a 3 anos no Brasil: avanços e (possíveis) retrocessos. Laplage em Revista, Sorocaba, v. 3, n. 1, p. 19-28, jan-abril. 2017. Disponível em: <http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/235/464>. Acesso em: 19 jul. 2019.

DE MARCO, Marilete Terezinha; LIMA, Elieuza Aparecida de. Docência e formação continuada de professores na Educação Infantil. Espacios, Caracas, Venezuela, v. 38, n. 45, p. 30, jun. 2017. Disponível em: <http://www.revistaespacios.com/a17v38n45/a17v38n45p30.pdf>. Acesso em: 03 jan. 2019.

DIAS, Lucimar Rosa. Formação de professores, educação infantil e diversidade étnico-racial: saberes e fazeres nesse processo. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 17, n. 51, p. 661-674, set-dez. 2012. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=27524689010>. Acesso em: 19 jul. 2019.

FACCI, Marilda Gonçalves Dias. A periodização do desenvolvimento psicológico individual na perspectiva de Leontiev, Elkonin e Vigotski. Caderno Cedes, Campinas, v. 24, n. 62, p. 64-81, abril. 2004. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v24n62/20092.pdf>. Acesso em: 20 jul. 2019.

FEBRONIO, Maria da Paixão Gois. Formação inicial de professores de educação infantil: que formação é essa? Educação Temática Digital, Campinas, v. 12, n. 2, p. 151-171, jan-jun. 2011. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1194/pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

GIROTO, Claudia Regina Mosca; CASTRO, Rosane Michelli de. A formação de professores para a Educação Inclusiva: alguns aspectos de um trabalho colaborativo entre pesquisadores e professores da Educação Infantil. Revista de Educação Especial, Santa Maria, v. 24, n. 41, p. 441-452, Set-Dez. 2011. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/3106/2701>. Acesso em: 19 jul. 2019.

GOMES, Cláudia Aparecida Valderramas. A relação sujeito-objeto e a unidade afetivo-cognitiva: contribuições para a Psicologia e para a Educação. Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 161-168, Jan-Abr. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pee/v18n1/v18n1a17.pdf>. Acesso em: 24 nov. 2019.

GUIMARÃES, Daniela de Oliveira; ARENHART, Deise; SANTOS, Nubia de Oliveira. Educação Infantil pós-LDB/1996: formação inicial de professores e práticas pedagógicas. Revista Contemporânea de Educação, Niterói, v. 12, n. 24, p. 362-379, maio-agosto. 2017. Disponível em: <https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/4171/pdf_1>. Acesso em: 19 jul. 2019.

LEITE, Sandra Regina Mantovani; CARVALHO, Alonso Bezerra de. Formação de professores para a Educação Infantil: a integração necessária entre educação e cuidado para uma práxis pedagógica emancipatória. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 10, n. 3, p. 917-931, jul-set. 2015. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8100/5505>. Acesso em: 19 jul. 2019.

MARTINS, Lígia Márcia. Formação de professores: desafios contemporâneos e alternativas necessárias. In: MENDONÇA, Sueli Guadalupe de Lima; SILVA, Vandeí Pinto da; MILLER, Stela. (Org.). Marx, Gramsci e Vigotski: aproximações. Araraquara: Junqueira e Marin, 2009. p. 449-472.

MARTINS, Lígia Márcia. O Desenvolvimento do Psiquismo e a Educação Escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. 2011. p. 250. Tese (Livre-docência em Psicologia da Educação). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Bauru, 2011. Disponível em: <https://formacaodocente.files.wordpress.com/2012/09/martins_ligia_-_o_desenvolvimento_do_psiquismo_e_a_educacao_escolar.pdf>. Acesso em: 24 nov. 2019.

MENDONÇA, Fernando Wolff. A organização da atividade de ensino como processo formativo do professor alfabetizador: contribuições da Teoria Histórico-Cultural. 2017. p. 247.Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2017. Disponível em: <http://www.ppe.uem.br/teses/2017/2017%20-%20Fernando%20Wolff.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

OLIVEIRA, Joana Angélica Bernardo de. Formação de professores, competências e saberes para a atividade docente na Educação Infantil. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 1, n. 1, p.113-122, Jan-Mar. 2006. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/436/316>. Acesso em: 19 jul. 2019.

PASQUALINI, Juliana Campregher. Concepção de homem, educação e desenvolvimento. In: PASQUALINI, Juliana Campregher; TSUHAKO, Yaeko Nakadakari. (Org.). Proposta Pedagógica da Educação Infantil do Sistema Municipal de Ensino de Bauru/SP. Bauru: Secretaria Municipal de Educação, 2016. p. 41-68. Disponível em: <http://www2.bauru.sp.gov.br/arquivos/arquivos_site/sec_educacao/proposta_pedagogica_educacao_infantil.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

PASQUALINI, Juliana Campregher; SILVA, Célia Regina da. Cuidar e educar na escola de educação infantil. In: PASQUALINI, Juliana Campregher; TSUHAKO, Yaeko Nakadakari. (Org.). Proposta Pedagógica da Educação Infantil do Sistema Municipal de Ensino de Bauru/SP. Bauru: Secretaria Municipal de Educação, 2016. p. 567-572. Disponível em: <http://www2.bauru.sp.gov.br/arquivos/arquivos_site/sec_educacao/proposta_pedagogica_educacao_infantil.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

PEREIRA, Meira Chaves. A formação continuada de professores da educação infantil em Sorocaba/SP. Laplage em Revista, Sorocaba, v. 3, n. 3, p. 190-199, set-dez. 2017. Disponível em: <http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/366/595>. Acesso em: 19 jul. 2019.

PINTO, Rúbia-Mar Nunes. A formação de professores para a Educação Infantil: desafios para a universidade. Pensar a Prática, Goiânia, v. 4, p. 135-148, 2006. Disponível em: <https://revistas.ufg.br/fef/article/view/82/80>. Acesso em: 19 jul. 2019.

SOUZA, Neusa Maria Marques de; MOURA, Manoel Oriosvaldo de. Integração escola-universidade como atividade de formação continuada de professores na perspectiva histórico-cultural. Perspectivas da Educação Matemática, Campo Grande, v. 8, n. 16, p. 140-165, ago. 2015. Disponível em: <http://seer.ufms.br/index.php/pedmat/article/view/944/912>. Acesso em: 21 fev. 2019.

TONINATO, Tatiane Dalpério. Formação identitária dos professores de Educação Infantil: compreensão acerca do trabalho docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 1, n. 2, p. 182-192. 2006. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/444/323>. Acesso em: 19 jul. 2019.

TULESKI, Silvana Calvo; EIDT, Nádia Mara. Repensando os distúrbios de aprendizagem a partir da psicologia histórico-cultural. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 12, n. 3, p. 531-540, set-dez. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pe/v12n3/v12n3a10.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

VICENTINI, Dayanne; BARROS, Marta Silene Ferreira. A humanização da criança na educação infantil: implicações da teoria histórico-cultural. Educação, Santa Maria, v. 42, n. 1, p. 163-176, jan-abr. 2017. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/23681/pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A defectologia e o estudo do desenvolvimento e da educação da criança anormal. Trad. Denise Regina Sales, Marta Kohl de Oliveira e Priscila Nascimento Marques. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 4, p. 861-870, dez. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/v37n4/a12v37n4.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.

Publicado
2019-11-27