O lugar de Paulo Freire na formação e nos saberes dos professores

  • Tatiana Pinheiro de Assis Pontes Universidade Federal de São João del-Rei
  • Cristiano Amaral Garboggini Di Giorgi Universidade do Oeste Paulista
Palavras-chave: Paulo Freire, Formação de Professores, Saberes docentes, Educação Crítico-libertadora

Resumo

Este estudo partiu da problemática concernente ao lugar ocupado por Paulo Freire nos referenciais teóricos de professores de educação básica de escolas públicas brasileiras. Consideramos os estudos sobre Paulo Freire de suma importância nos processos formativos dos professores, sobretudo, para a construção da identidade profissional e para a formação de educadores progressistas, em favor da construção de uma escola democrática. Este estudo se curvou ao objetivo central de analisar o que os professores da atualidade sabem sobre o referido autor, reconhecendo a formação docente como espaço fundamental para a produção do referencial teórico e para a construção dos saberes docentes. A pesquisa empírica foi realizada em um município do interior paulista e contou com a participação de vinte professores atuantes em escolas públicas, municipais e estaduais, de educação básica, nos seguintes segmentos de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. A metodologia da pesquisa pautou-se na abordagem qualitativa, em face das possibilidades de desenvolvimento de ações fundamentadas na reflexão e no diálogo, sob as perspectivas freireanas. Os dados empíricos foram coletados por meio de questionário, com questões abertas e fechadas, e mediante realização de entrevistas individuais semiestruturadas. Concluiu-se que há lacunas no âmbito da Gestão educacional e das Políticas Educacionais para a formação de professores, tanto na esfera inicial como na formação continuada. Defende-se que, para Paulo Freire ocupar o lugar/espaço de referência teórica e repercutir na construção dos saberes docentes é fundamental a implementação de políticas e de ações específicas no âmbito da formação de professores.

Biografia do Autor

Tatiana Pinheiro de Assis Pontes, Universidade Federal de São João del-Rei

Doutora em Educação pela UNESP. Professora Ajunta do Departamento de Educação – DECED – da UFSJ.

Cristiano Amaral Garboggini Di Giorgi, Universidade do Oeste Paulista

Doutor em Educação. Professor do Programa de Pós-graduação da Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE. 

Referências

CORTELLA, Mário Sérgio. Paulo Freire: um pensamento clássico e atual. Revista e-curriculum, São Paulo, v. 7, n. 3, p. 1-14, dez. 2011. (Edição especial de aniversário de Paulo Freire). Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2107.
CRAIDE, Sabrina. Senado rejeita proposta de retirar de Paulo Freire título de Patrono da Educação. Agência Brasil - Últimas notícias do Brasil e do mundo. Brasília, 2017. Disponível em: < http://agenciabrasil.ebc.com.br > Acesso em 22 de fev. 2018.
FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olha D’Água, 1997.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 24. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
FREIRE, Paulo. Educação e Atualidade Brasileira. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire, 2003.
GIROUX, Henry. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
RBD, Redação. Relatora da ONU parabeniza Brasil por manter Paulo Freire patrono da educação. Rede Brasil Atual, 2018. Disponível em: Acesso em 24 fev. 2018.
ROLDÃO, Maria do Céu. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 94-103, jan./abr. 2007.
SACRISTÁN, José. Gimeno. Tendências investigativas na formação de professores. Inter-Ação, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 1-54, jul./dez. 2002.
STREIT, Maíra. Professor cria polêmica em protesto contra Paulo Freire: “Pedagogia do Oprimido é coitadismo”. Revista Fórum, 19 mar. 2015. Disponível em: Acesso em: 25 jul. 2016.
TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.
Publicado
2020-06-02