A nova reforma do Ensino Médio amparada pela lei 13.415 e suas ameaças para a disciplina de educação física

  • Bruna Beatriz da Rocha Universidade Federal de Lavras - UFLA
  • Marcio Norberto Farias UFLA - Universidade Federal de Lavras
Palavras-chave: Educação Física escolar; Reforma; Novo Ensino Médio

Resumo

Este estudo parte da preocupação com o debate sobre as mudanças propostas na reforma do Ensino Médio e seus possíveis impactos sobre a Educação Física. Nesse sentido, o recorte a ser realizado no trabalho busca esboçar uma interpretação sobre a lei 13.415 que se volta para o Ensino Médio em um processo que afeta a formação humana em meio às políticas educacionais e as propostas pedagógicas existentes. Pretende-se construir uma reflexão teórica para verificar a literatura produzida sobre o tema, especialmente aquelas obras que servem de subsídio para as proposta pedagógicas disponíveis dentro da Educação Física voltadas para o Ensino Médio. Com isso, espera-se obter respostas suficientes que contribuam para o esclarecimento do impacto da Nova Reforma do Ensino Médio em face de um contexto que tende a flexibilizar a educação o que se relaciona diretamente com a conjuntura capitalista do século XXI.

Biografia do Autor

Bruna Beatriz da Rocha, Universidade Federal de Lavras - UFLA

Mestre em Educação, pela Universidade Federal de Lavras. Pós-graduanda em Didática e Trabalho Docente, pelo Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerias - Campus São João Del Rei.

Marcio Norberto Farias, UFLA - Universidade Federal de Lavras

Doutor em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Campus Araraquara, com pós-doutoramento em Filosofia da Educação na Universidade de Leipzig (Alemanha). Docente do Departamento de Educação Física na Universidade Federal de Lavras, Lavras, Minas Gerais, Brasil.

Referências

ANDRADE, Rogério Pinheiro dos Santos. Ação Docente Critica em Educação Física Escolar Revendo as Práticas e as Finalidades Por Uma Educação Física Crítico / Desportiva. XI EnFEFE - Encontro Fluminense de Educação Física Escolar. Disponível em: Acessado em: 17.jan.2020.
ANTUNES, Ricardo. Trabalho e precarização numa ordem neoliberal. In: GENTILI, Pablo; FRIGOTTO, Gaudêncio, A cidadania negada: Política de exclusão na educação e no trabalho. Coleção Grupos de Trabalho, CLACSO. Buenos Aires: CLACSO, 2000. p. 35-46.
MATOS, José Arlen Beltrão. Novo ensino médio: o rebaixamento da formação, o avanço da privatização e a necessidade de alternativa pedagógica crítica na educação física. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Educação, Salvador, Bahia, 2019.
BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 13.415/2017, de 13 de fevereiro de 2017, Altera as Leis nos 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho -CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e o Decreto-Lei no 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei no 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. 2017.
CBCE. Nota de repúdio. Diretoria Nacional do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte;. Curitiba,PR,23set.2016.Disponível em: . Acesso em: 05.dez.2019.
COSTA, Maria Adélia. O notório saber e a precarização da formação docente para a educação profissional. Revista Profissão Docente, v. 18, n. 39, p. 239-254, 2018.
DA ROCHA, Bruna Beatriz; DOS SANTOS COELHO, Fernanda Cristina; TOLEDO, Flaviana Alves. Licenciatura e bacharelado em educação física: impactos na formação profissional no estado de Minas Gerais. REVES-Revista Relações Sociais, v. 2, n. 1, p. 0103-0118, 2019. Disponível em: Acesso em: 03.fev.2020.
DE OLIVEIRA, Inês Barbosa. O objetivo da reforma do ensino médio é reproduzir a exclusão social. [Entrevista concedida a] Beatriz Mota e André Antunes. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio – FioCuz. Abril, 2019. Disponível em: . Acessado em 05.dez.2019.
DE OLIVEIRA, Márcia Soares; DA COSTA, Maria Adélia. A educação profissional e a lei nº 13.415-2017: uma ponte para o passado. IV Colóquio Nacional e I colóquio internacional a Produção do Conhecimento em Educação Profissional, Natal, Rio Grande do Norte, 2017.
DE RESENDE, Helder Guerra; SOARES, Antônio Jorge Gonçalves. Conhecimento e especificidade da educação física escolar, na perspectiva da cultura corporal. Revista Paulista de Educação Física, p. 49-59, 1996. Disponível em: < http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v10%20supl2%20artigo9.pdf> Acesso em: 05.fev.2020.
DOS SANTOS BASTOS, Robson; DOS SANTOS JUNIOR, Osvaldo Galdino; DE ALMEIDA FERREIRA, Marcelo Pereira. Reforma do Ensino Médio e a Educação Física: um abismo para o futuro. Motrivivência, v. 29, n. 52, p. 38-52, 2017.
FAE. Texto para discussão: Reforma do Ensino Médio – MP 746/2016. UFMG: Belo Horizonte, 2017. Disponível em: < https://observatoriodajuventude.ufmg.br/texto-para-discussao-reforma-do-ensino-medio-mp-7462016/>. Acesso em 03.jan.2020.
FERREIRA, Eliza Bartolozzi. A contrarreforma do ensino médio no contexto da nova ordem e progresso. Educação e Sociedade, Campinas, v. 38, n. 139, p. 293-308, June 2017. Disponível em: Acesso em 15.jan.2020.
GARIGLIO, José Ângelo; JUNIOR, Admir Soares Almeida; OLIVEIRA, Cláudio Márcio. O “novo” Ensino Médio: implicações ao processo de legitimação da Educação Física. Motrivivência, v. 29, n. 52, p. 53-70, 2017. Disponível em: . Acesso em 24.jan.2020.
JÚNIOR, José Ribamar Ferreira et al. Reforma do ensino médio, qual o lugar da educação física?. XX Conbrace VII Conice. Goiânia-GO, 2017. Disponível em: < http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2017/7conice/paper/viewFile/9925/4928>. Acesso em 18.jan.2020.
LINO, Lucilia Augusta. As ameaças da reforma desqualificação e exclusão. Revista Retratos da Escola, Brasília, DF, v. 11, n. 20, p. 75-90, 2017. Disponível em: < http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/756> Acesso em 30.jan.2020.
NOZAKI, Hajime Takeuchi. Educação física e o reordenamento do mundo do trabalho: mediações da regulamentação da profissão. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal Fluminense; Niterói, Rio de Janeiro, 2004.
OLIVEIRA, Dalila Andrade. A reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização. Educação & Sociedade, v. 25, n. 89, p. 1127-1144, 2004.
OLIVEIRA, Priscila Borges de. Reforma do ensino médio: o espaço da arte no currículo. Trabalho de Conclusão de Curso ( Licenciatura no curso de Artes Visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense – Unesc; Criciuma, 2017.
RAMOS, Flávia Regina Oliveira; HEINSFELD, Bruna Damiana de Sá Sólon. Reforma do Ensino Médio de 2017 (lei nº 13.415/2017): um estímulo à visão utilitarista do conhecimento. In: XIII EDUCARE-Congresso Nacional de Educação. 2007. p. 18284-18300. Disponível em: Acesso em 22.fev.2020.
RAMOS, Marise Nogueira; FRIGOTTO, Gaudêncio. Medida Provisória 746/2016: a contra-reforma do ensino médio do golpe de estado de 31 de agosto de 2016. Revista HISTEDBR On-line, v. 16, n. 70,p. 30-48, 2016.Disponível em: < https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8649207>. Acesso em 01.mar.2020.
TURATO, Egberto Ribeiro. Tratado da metodologia da pesquisa clínico-qualitativa: construção teórico-epistemológica, discussão comparada e aplicação nas áreas da saúde e humanas. 2. ed. Petrópolis. Vozes, 2003
Publicado
2020-08-12