CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO EM DOSSIÊ: Número Especial para publicação em setembro de 2021 (recebimento dos textos até 30/06/2021

2021-01-18

Na sociedade contemporânea observam-se múltiplos desafios nos diferentes segmentos econômicos, políticos, sociais, culturais e educacionais. A partir de 2020, a pandemia se mostrou como o desafio central a perpassar todos esses segmentos. Com a declaração da Organização Mundial da Saúde, em 11 de março de 2020, caracterizando situação pandêmica devido a presença da COVID-19 em todos os continentes, o distanciamento social se fez presente como marco social e impactante para diversos países, dentre os quais, o Brasil.

Em outros cenários estruturados a partir da década de 1970, constatam-se vertiginosas transformações ou adaptações promovidas pelas tecnologias digitais em todos os aspectos da vida humana. Especificamente no âmbito educacional, na interseção entre os problemas surgidos com a COVID-19 e as respostas buscadas para atender a tais problemas, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) foram instrumentos imprescindíveis para formular propostas concretas de ações perante os desafios desinentes e  minimizar (e em alguns casos, aumentar) os efeitos do distanciamento social sobre os processos educativos. Além disso, em tempos de distanciamento social, a educação em geral, as escolas, a formação e o trabalho docente estão sendo forçados a se ressignificarem, sofrendo os impactos causados, de maneira ainda mais acelerada, por diversos discursos relacionados às tecnologias.

Essa situação nos leva a refletir sobre duas questões acerca da Educação: 1) em contextos de pandemia, levando-se em conta a prevalência das condições sanitárias, como as TIC foram empregadas para amenizar ou problematizar as dificuldades impostas pelo distanciamento à formação de professores e aos processos de ensino e de aprendizagem?, 2) nos contextos pós-pandêmicos futuros, como poderemos pensar a formação de professores e o ensino e aprendizagem relacionado a tal formação visando propostas de estruturação que o contemplem?

Neste dossiê, mais precisamente, interessa-nos apresentar discussões concernentes aos processos formativos dos professores, relacionados ao ensino e à aprendizagem por meio das TIC, em contextos de pandemia e de pós-pandemia.  O intuito é discutir diferentes perspectivas e implicações sobre a Formação de Professores, relacionadas com o emprego e o trabalho com as TIC, enfrentando as novas necessidades de ensino e aprendizagem criadas pela COVID-19, nos mais diversos níveis de ensino e cenários educacionais contemporâneos.

Os textos serão recebidos até 30/06/2021)

obs.: inserir a seguinte informação no ato de submissão: texto para compor edição  especial de setembro